-

RDC RAIO X 

by marketing on 9 de dezembro de 2020
A rdc raio x diz respeito à Resolução da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) – RDC-14/2014, que discorre sobre critérios para validação de métodos analíticos empregados em insumos farmacêuticos, medicamentos, alimentos, entre outros produtos biológicos em todas as fases de sua produção, a fim de comprovar sua confiabilidade no atestado de qualidade do produto.

O cumprimento dos parâmetros estabelecidos pela rdc raio x se faz obrigatório por todas as empresas dos segmentos citados, inclusive e sobretudo indústrias de alimentos, que devem atender às dimensões máximas de corpos estranhos permitidos em produtos de consumo.

Contaminantes restringidos pela norma RDC raio x

A norma rdc raio x não se refere tão somente à presença de agentes contaminantes de origem metálica, mas também abrange todos os tipos de contaminantes e materiais distintos, tais como partículas de vidro, ossos, pedras e plásticos densos, entre outros corpos estranhos presentes no interior das embalagens, que podem ser detectados por meio da tecnologia de inspeção por raio-x, que se mostra como um excelente recurso para garantir a ausência desses elementos em produtos diversos.

Os 3 tipos de matérias estranhas estabelecidos pela rdc raio x-14/2014 para alimentos

Conforme os parâmetros estabelecidos na rdc raio x, matérias estranhas que possam indicar risco à saúde ou falhas nas boas práticas não são permitidas em alimentos. A fim de tornar os parâmetros de inspeção de corpos estranhos mais restritos e precisos, a rdc raio x-14/2014 estabeleceu 3 tipos de corpos estranhos:

• Matérias estranhas inevitáveis: inerentes ao processo de produção e que persistem aos processos de boa prática;
• Matérias estranhas que indicam de risco à saúde: insetos, roedores e outros animais, excrementos de animais, parasitas, objetos rígidos, pontiagudos e/ou cortantes, fragmentos de vidro e filmes plásticos nocivos à saúde humana;
• Matérias estranhas indicativas de falhas das boas práticas de produção: (podem ser detectadas micro ou macroscopicamente): artrópodes característicos da cultura e do armazenamento, partes indesejáveis de matéria-prima, pelos humanos e de animais, areia, terra, fungos filamentosos e leveduriformes e outras contaminações incidentais.

Há 35 anos fornecendo soluções inovadoras para gestão e controle de qualidade

Com um know-how de mais de 35 anos e ampla expertise no mercado internacional, a Varpe oferece as melhores e mais inovadoras soluções de alto nível tecnológico para a área de gestão e controle de qualidade voltadas aos mais diversos segmentos industriais.

Investindo constantemente em inovações tecnológicas e as melhores matérias-primas do mercado, a empresa garante o fornecimento de soluções que surpreendem pela alta performance e baixo índice de manutenção.


Clique aqui para visualizar o equipamento de inspeção industrial por raio-X.
Utilizamos cookies propias y de terceros para obtener datos estadísticos de la navegación de nuestros usuarios y mejorar nuestros servicios. Si acepta o continúa navegando, consideramos que acepta su uso. Puede cambiar la configuración u obtener más información aquí